quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Astrologia de Boteco II - Tenha Fé e Descubra seu Júpiter


Mapa na mão, está na hora de você saber mais sobre a natureza da sua fé e da sua filosofia de vida através do posicionamento do seu Júpiter. Depois que ler sobre o seu signo jupiteriano, dê uma olhada também no signo correspondente à casa em que ele está (se no Ascendente leia Áries; se na 2ª casa, Touro; se na 3ª, Gêmeos, etc.), que é possivel ver mais um pouco sobre o assunto. Boa sorte!!!


Júpiter em Áries
A alegria jupiteriana por novidades e expansão em Áries chega a ser desnorteante. A agilidade mental típica do carneiro de fogo é expandida e a capacidade de auto-expressão ganha grande entusiasmo. As últimas tendências musicais e culturais que acontecem em torno do globo, os esportes mais malucos, a moda mais extravagante, o Júpiter ariano tem grande prazer em mostrar como ele é único e afirmar isso com alegria. Esse deus é capaz de inspirar e semear vida nova ao seu redor, e tem grande interesse por encontrar respostas novas às grandes questões da existência. Como paciência não é uma virtude nem de Júpiter nem de Áries, os problemas aqui vão aparecer quando se precisa esperar o tempo de maturação para que as grandes e inspiradas sementes brotem e cresçam. A tendência desse Júpiter é atropelar suas plantinhas recém nascidas porque já vislumbrou a frente um novo campo para explorar e fecundar.


Júpiter em Touro
O Júpiter taurino tem o toque de Midas, mas não vai pensar duas vezes antes de gastar tudo que ganhou em 5 minutos. A expansão através da matéria, proporcionado por esse deus taurino, dá grande habilidade para se levantar recursos mesmo quando parece que eles estão escassos. Há grande motivação para a aquisição de coisas preciosas e um verdadeiro prazer em encontrá-las. A busca filosófica aqui está em descobrir e divulgar o valor material da vida, mostrando que a matéria é algo tão sagrado quanto a alma. O contato com a natureza e todos os seus recursos e o prazer de se estar vivo nesse corpo material é o que dará um sentido religioso para a existência. Com tanto entusiasmo pelas coisas boas da vida, há sempre o risco de se exceder e passar dos limites, principalmente nos prazeres de cama e mesa. É sempre bom estar de olho para ver se não se está acumulando demais e buscar formas de se distribuir o que é mais que o bastante.


Júpiter em Gêmeos
O Júpiter geminiano vai buscar expansão através da mente, que será cheia de energia e inspiração na hora de se comunicar com os outros. A abundância de pensamentos sobre QUALQUER assunto desse deus confere um horizonte infinito a ser explorado, e geralmente a pessoa se torna um eterno estudante. A troca de conhecimentos é a grande alegria do Júpiter em Gêmeos, que vai querer trocar receita de bolo com a senhora analfabeta que encontrou no meio do semi-arido nordestino com o mesmo prazer que troca impressões sobre Kant com o professor doutor vindo da Alemanha. Esse deus também tem grande facilidade para aprender línguas e costuma ter curiosidade por todas as formas de se transformar experiências em linguagem humana. Como em qualquer lugar que Júpiter se coloca existe o problema do excesso, quando ele se instala em Gêmeos se corre o risco de que tantas idéias e informações se percam e confundam por não haver com quem dividir, ou então achar que todas as idéias que se tem são divinas e construir uma psicopatia grave. Esse Júpiter se beneficia muito escrevendo e encontrando grupos onde possa passar tantas informações recolhidas pelo caminho.


Júpiter em Câncer
O exaltado Júpiter canceriano vai transformar todos que encontrar pelo caminho em família. Na mitologia, a maioria dos heróis - de Atena a Dionísio, de Hercules a Perseu, de Minos às Musas - são filhos de Zeus-Júpiter e protegidos do deus em suas aventuras. O sentimental Câncer tem suas emoções expandidas por Júpiter de modo a abranger tudo à sua volta. A família nuclear de origem costuma ser vista como a base filosófica para se explorar o mundo, e a busca por um lar espiritual é a maneira de ampliar seus horizontes. O Júpiter lunar tem uma fé inata na vida e nos vínculos afetivos. Quando maduro, esse posicionamento de Júpiter proporciona vínculos duradouros mesmo que a distancia e o tempo afastem fisicamente as pessoas, pois há uma união de caminhos que dá a certeza do reencontro em algum nível. O exagero dessa visão tão abrangente de vínculo pode fazer com que se relaxe demais nos cuidados necessários para que os relacionamentos criem consistência e profundidade, o que não trará nem satisfação real nem envolvimento emocional com os outros, que é o que realmente fará com que os horizontes se ampliem e criem a ligação com o todo.


Júpiter em Leão
Willian Blake escreveu que “a estrada do excesso leva ao palácio da sabedoria”, e para quem tem esse posicionamento de Júpiter nada é melhor do que o mais que bastante. Esse deus adora um palco, e quando em Leão sua entrada é precedida de fogos de artifício. Esse é um posicionamento que confere muita audácia e é comum o gosto por esportes radicais, aventuras e jogos, onde cada desafio tem que ser maior que o outro. Esse deus tem a certeza que seu próprio ponto de vista é o mais interessante e iluminado, sendo comum que mesmo quando recebe uma boa idéia de algum amigo, ele conseguirá amplia-la e elabora-la até que se torne sua. Claro que Júpiter, no romântico signo de Leão, será um grande conquistador, e a vida amorosa pode ser um verdadeiro parque de diversões. Os exageros aqui são comuns e é preciso de muito cuidado para não desenvolver a tendência a procurar saídas fáceis através dos relacionamentos e casos amorosos, ou justificar a falta de sensibilidade através da enorme necessidade criativa. Isso muitas vezes faz com que o Júpiter leonino perca as perspectivas filosóficas e religiosas que podem acompanhar toda a criação desse posicionamento, o que é uma pena.


Júpiter em Virgem
O Júpiter virginiano tem grande facilidade para compreender o significado simbólico de tudo que vive e adora montar quebra-cabeças. A autopurificação, a separação do que é veneno do que é saudável e o aprimoramento das habilidades práticas, trazem muito prazer e conhecimento a esse deus. Na mitologia Zeus-Jupiter foi pai da única filha de Demeter, a deusa que representa Virgem, e essa combinação tem um enorme potencial para criar curadores e mestres, que associam suas capacidades de compreensão ao prazer de ajudar os outros. O trabalho também é visto como uma forma de ampliar os horizontes, e não se terá muita paciência para aceitar lugares e pessoas limitadas na exploração da própria energia na busca profissional. Aqui o perigo de exageros está em se dedicar – e divertir – demasiado à exploração da vida profissional como escape da vida pessoal, podendo criar alguma doença para mostrar que é hora de parar. Como, porém, esse é um Júpiter que consegue compreender com facilidade as mensagens do corpo e o significado simbólico das doenças, o mais comum é que ele consiga fazer as mudanças necessárias na própria vida e aproveita-la de outras maneiras.


Júpiter em Libra
Sendo Libra o signo do relacionamento, Júpiter aqui vai poder usar os seus mais variados truques para capturar os parceiros escolhidos. A dinâmica do casamento de Zeus e Hera pode dar uma boa idéia de como costuma funcionar o Júpiter libriano. Zeus, para conquistar a esposa, aparece-lhe como um cuco durante o inverno, e ela, para agasalhá-lo, coloca-o no colo. Ele toma sua forma divina, mas Hera só cede depois que ele promete desposá-la. Júpiter em Libra também se diverte usando vários disfarces nos jogos de sedução. Esse casamento não é lá muito calmo devido aos arroubos apaixonados de Zeus e ao apaixonado ciúme de Hera, e é comum encontrarmos essa dinâmica com esse posicionamento, pois, como sempre ao se tratar desse astro, o exagero pode criar um antagonismo onde a necessidade de liberdade entra em oposição à necessidade de aprofundamento na relação. Tendo as associações como campo de exploração, esse Júpiter precisa de trocas filosóficas com os parceiros do caminho e acaba se decepcionando quando percebe que o Outro não é um deus capaz de dar toda a felicidade do mundo. O melhor desse deus libriano é sua capacidade de ver o outro como amigo e companheiro de aventuras, trazendo muita alegria para o encontro. Além disso, há uma certeza interna de que mesmo quando o relacionamento acaba outro melhor está esperando logo mais adiante.


Júpiter em Escorpião
O Júpiter escorpiniano procura expansão e maior significado na vida partilhando e trocando o que tem, o que acredita e o que dá valor com os outros. A intimidade é percebida em sua forma simbólica de união para algo maior do que cada unidade individual. É comum também dificuldades por causa de muita expectativa nos relacionamentos, pois nem sempre será possível ouvir sinos tocando ou ver fogos de artifício cada vez que se faz amor, e isso é sentido como decepcionante. Escorpião tem uma hipersensibilidade ao que é oculto e Júpiter sempre conseguirá ver sentido nos mistérios da vida. Períodos de crise e de transição são melhor suportadas e geralmente trazem à tona uma confiança e um otimismo inatos que a pessoa não sabia possuir. Esse é um Júpiter que sabe que pode confiar na própria sensibilidade tanto para transações no mercado financeiro quanto a respeito da direção que as coisas vão tomar em sua vida, e tem audácia suficiente para explorar isso.


Júpiter em Sagitário
Quando em seu próprio domicílio, Júpiter pode ser de arrasar... Literalmente. A separação entre os centauros dominados pelo delírio dionisíaco, com toda a sua brutalidade, e a consciência da dupla natureza de Quiron, fará toda a diferença aqui. Antes de Hera, Júpiter namorou Métis, a antiga representação da sabedoria. Quando ela ficou grávida, Júpiter recebeu a advertência de um oráculo de que seria destronado por qualquer filho que tivesse com Métis, e por isso devorou a deusa e a criança que ela concebia. Assim Zeus passou a personificar a suprema sabedoria em si mesmo. Mais tarde, depois de uma terrível dor de cabeça, ele dá à luz Atená, que se torna não só sua filha preferida como também ganha o título de nova deusa da sabedoria. Essa história tem muito a ver com o Júpiter sagitariano, pois nos mostra que a sabedoria não pode ter filhos quando apenas seduzida, pois torna-se ameaçadora. Ela deve ser digerida, pensada e repensada, para poder nascer num espaço que permite o amor e a existência. Um conhecimento limitado, que não se integra à personalidade como um todo, pode ser perigoso, e esse posicionamento pode gerar uma tendência a pensar que se sabe tudo, pois é facil esquecer as limitações da natureza humana. Mas quando o Júpiter sagitariano consegue ter o cuidado de manter sua consciência na ferida feita pelo encontro do divino com o humano em sua alma, suas idéias e inspirações cheias de luz podem realmente iluminar o caminho de todos.


Júpiter em Capricórnio
Ao contrário do que muita gente pensa, quando um planeta está em seu signo de queda é muito mais fácil aproveitá-lo, exatamente porque ele tem que ser trabalhado de maneira mais consciente. O Júpiter capricorniano costuma ter a virtude que mais falta em seus irmãos de outros signos, que é a paciência. Esse deus adora o papel de autoridade, que consegue assumir sem ser super protetor nem exigente demais com seus subordinados. As figuras de autoridade também são vistas de maneira positiva, e com isso se acaba atraindo ajuda das hierarquias superiores. Há uma grande facilidade para assumir as responsabilidades da própria vida e uma visão abrangente que gera um senso de discernimento apurado, além de uma boa capacidade de organizar os outros. Como qualquer Júpiter, ele não vai querer passar despercebido, e, apesar de mais comedido, será difícil não notar todos os símbolos de status que giram ao seu redor. O Júpiter capricorniano precisa de espaço e autoridade para poder fazer todas as suas manobras, e esse é um deus que consegue o reconhecimento necessário para isso.

Júpiter em Aquário
Clubes, organizações e associações que promovem o crescimento de todos é a praia desse Júpiter. De clube de línguas a ONGs para salvar a Amazônia, esse é um deus que quer cada vez mais amigos, e de preferência de culturas e nacionalidades diversificadas. A vida social de um Júpiter aquariano costuma ser bem agitada. Aquário é um signo que está voltado para o futuro e o Júpiter aqui costuma ter muitas metas e ideologias a alcançar. Há grande prazer também com todas as maquininhas modernas que aparecem no mercado. O mais difícil para esse Júpiter é selecionar quais idéias geniais valem realmente a pena seguir, pois muitas coisas boas podem simplesmente se dissolver por ele não saber em qual atirar primeiro. Como a fé jupiteriana é imbatível, existe também a certeza de que se irá realizar aquilo que se quer, já que se está querendo o que é melhor para todos. Nem sempre essa expectativa se mostra realista, mas isso não é motivo para o Júpiter aquariano se sentir desencorajado.


Júpiter em Peixes
A busca de expansão jupiteriana combinada com o mundo sem fronteiras de Peixes é algo que só se pode chamar de espiritual. Justamente quando as coisas parecem mais negras e sem esperança, o Júpiter pisciano aparece, não se sabe de onde, e salva a situação. Isso não tem a ver com sorte ou fadas madrinhas - apesar de muitas vezes tomar essas formas - mas com a fé na benevolência e no significado da vida que essa posição de Júpiter proporciona, tornando a pessoa aberta e disposta a receber qualquer coisa que lhe é trazido. O significado que Júpiter busca na vida é encontrado em Peixes através de eventos externos que correspondem aos estados internos, o que faz com que experiências negativas mostrem seu lado positivo e obstáculos se transformem em bênçãos. O Júpiter pisciano costuma ser um canal através da qual passam a inspiração e o dom da cura, por isso tem muito a oferecer aos doentes, aos prisioneiros e aos viciados, pois a visão ampliada que surge nos tempos de dificuldades traz esperança e inspiração não só para si, mas também pode guiar outros através de seus obstáculos.

7 comentários:

El Gato Poeta disse...

Hi, hi, hi...

Obrigracias!!!

Anônimo disse...

Se você pudessem me dizer um pouco mais sobre uma oposição de jupiter eu ficaria muito feliz
Homem - Jupiter em Peixes
Mulher - Jupiter em Libra
os dois tem ascendente em Sagitário.
Mto obrigado mesmo
Se puder mandar pra
marfig74@yahoo.com.br
Ficarei mto feliz Obrigado

Teca Dias disse...

Caro anônimo
Exatamente o que vc gostaria d saber?
Júpiter é o regente do mapa de vocês dois, portanto é o "chefe" dos mapas. O Jupiter em Peixes está em casa 4 e o em Libra em casa 11? Se é assim, um vai estar atuando mais nos processos familiares e o outro através dos grupos de amigos e de interesses... mas não sei exatamente o que vc está procurando. Dá pra ser mais específico?
Abraço
Teca

Anônimo disse...

ESTA INTERPRETACAO DE JUPITER EM LEAO, NÃO PASSA DE BALELA!! CHARLATANISMO E CINISMO DESSA PSEUDO-ASTROLOGA....SABE POR QUE? TENHO JUPITER EM EXATA CONJUCAO COM O SOL EM LEAO O SOL EM 14° DE LEAO E JUPITER AOS 15° DE LEAO!
DETESTO ESPORSTES EM GERAL E PRINCIPALMENTE OS DITOS RADICAIS E MINHA VIDA AMOROSA E ROMANTICA É UM FIASCO!
QUANTA MERDA VOCES FALAM NAO!

Teca Dias disse...

E pelo jeito vc também não tem o humor que geralmente acompanha essa conjunção. Mas o exagero tá batendo, pelo menos, hihihi. Um bom Saturno te cairia bem, caro anônimo, e talvez poderia ajudar na sua vida romântica, inclusive. O mapa é uma totalidade, e não se pode diminuir um ser humano a apenas um aspecto. É exatamente por isso que chamo essas sessões de astrologia de boteco, pois são apenas coisas interessantes e soltas que podem dar algumas luzes na hora de olhar o mapa.
Obrigada por seu recado, que além de ilustrar o que eu quis dizer com "muitas vezes (...) o Júpiter leonino (perde) as perspectivas filosóficas e religiosas que podem acompanhar toda a criação desse posicionamento", e me dá a oportunidade de relembrar aos meus leitores: HOROSCOPO NÃO EXISTE!! MAPA DE COMPUTADOR NÃO SUBSTITUI A LEITURA DO MAPA!!
Cuide bem do seu fígado, leonino anônimo.
Teca

Anônimo disse...

tenho jupiter en conjunção com o sol e com a lua ..jupiter em sextil com o asd en gemeos .jupiter em leão o sol em leão a lua em leão e eu posso dizer q o bom humor está sempre presente em mim a ponto de as pessoas não entenderam meus chavões e cacos de linguagem.. rs essa presença de jupiter em bom aspecto eu vejo como uma dádiva divina por algum mérito passado ..alem do q ´vem acrecida d golpes de sorte em momentos dificeis e delicados ,,vejo como a grande luz do fim do tunel necessaria para a nossa sobrevivencia ! suas materias são excelentes ,,sua visão é clara e responde a muitas duvidas com um estalar de digitos teclados no pc! parabénsss con todas as honras de jupiter para vc ! bjs

Teca Dias disse...

É realmente uma benção essa sua combinação, anônimo, principalmente se vc consegue usá-la para ultrapassar momentos mais turbulentos até chegar em águas mais prazeirosas. Fico feliz quando vejo pessoas usando bem assim seus dons astrológicos. E grata pelos elogios. Meu Júpiter comprimenta o seu! Bj
Teca